quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Need For Speed : The Run - Injustiçado pra caralho



Nessa geração vimos que que nenhum jogo arcade de corrida prestou (exceto Midnight Club : Los Angeles , que é o mais próximo de um need for speed de PS2) mas , até que então lançaram Need for Speed : The Run . Não , eu não sou um grande fã de jogos de corrida , e tento acompanhar todos os anos a ardua batalha da EA games de tentar recuperar a série Need For Speed . Need for speed que acredito eu , que foi o último a não ser lançado pela Criterion que destruiu todos os possíveis reboots e derivados . Até Burnout eles conseguiram cagar nessa geração de games . Sim , há muito preconceito com os novos jogos da série pois não há a tunagem clássica do PS2 , mas acontece que nesse game , The Run , eles compensam da melhor maneira possível a falta de tunning . Por que isso acontece ?
http://cs305302.vk.me/v305302448/6fc/Wjt3HhiUjzk.jpg
Jack Rourke
pelo simples fato de eles pensarem : Hey , vamos fazer um jogo de corrida com uma história ? Sim , vamos ! Ok ,feito isso temos a história de Jack Rourke que é uma espécie de mocinho que se meteu em apuros e é contratado por Sam(mulher misteriosa) por ser o melhor corredor que ela conhece . O jogo começa em uma cena em que Jack está dentro de um lindo Porsche vermelho , então quando do nada , ele é jogado dentro daquelas maquina que esmaga carros e então ele consegue fugir dos caras maus que pegaram ele . Então ai ela contrata nosso querido protagonista do jogo pra uma corrida que vale 25 milhões de dólares , e que se ele for vitorioso ele ganhará 10 % da bolsa toda . Mas pra isso ser possível ele terá que lidar com os caras que querem matar ele e ao mesmo tempo chegar no top 1 de 250 corredores , numa corrida que vai de São Francisco até Nova York . O que seria atravessar o país todo e chegar em primeiro . E então a jornada começa . o jogo tem um clima muito parecido com os filmes do Velozes e Furiosos , só que nas antiguera . Há tiroteios , perseguições e partes que você deve sobreviver , pois o negócio tá fudido . O jogo tem um erro ou algo proposital muito bonito que é a mudança de estação . Por que isso ? Na medida que você vai atravessando os states , as paisagens vão mudando de acordo com o cenário . Temos o deserto de Nevada , as montanhas congeladas do Colorado , as ventanias de Chicago , a zona rural linda da Pensilvânia e a cara de inverno que Nova York tem  . Como o jogo tem uma história (não tão sólida como uma pedra , mas ainda tem) temos personagens que você disputará contra e cada um desses personagens tem uma breve histórinha na tela de loading pra ver se você tem compaixão antes de ultrapassar ele , que são mais inteligentes do que a IA normal( inteligência artificial) então eles farão ser uma corrida um pouco mais díficil(bosses) . O jogo é tão legal que até as atividades idiotas como marcar um tempo melhor , tem um contexto que te faz querer continuar , pois eles alegam que você tem que compensar o tempo que você perde em algumas cenas da história(eles não dizem isso explicitamente)  . O jogo tem uma trilha sonora bem mista podendo optar por querer escutar algo como um filme de ação , ou as suas músicas e as músicas do game , que são bem poucas. Temos tambem um sistema de level que na medida que você vai ganhando uma corrida , você vai upando e ganhando habilidades e melhoramentos como nitro , turbo e essas parada ae  .O jogo conta com um sistema de checkpoint bem legal tambem , mas wait ? Checkpoint em jogo de corrida ? Como assim , o que você tá falando ? Sim , o jogo é como se fosse um filme , e caso você bata violentamente ou saia dos limites da pista, você vai voltar no tempo , numa espécie de rebobinar de filmes e essas coisa bem legaaaaaaaais  .Temos tambem as QTE's que são aquelas partes que você tem que apertar os botões dependendo da cena e essas coisas legais , que são bem conhecidas nos novos jogos da série Resident Evil . O final é um pouquinho menos do que imaginei , mas vale bastante a pena jogar esse jogo , pois é o (segundo)melhor arcade de corrida da geração , ficando atrás de Split/Second que é pretty fucking awesome , mas dê uma chance , pois está perdendo um jogão . Fique aqui com uma das cenas mais fodasticas do jogo que é em Chicago pra você entender o que está perdendo  .  


E o trailer do filme que eu espero que tenha pelo menos 2 terços da ação que tem no jogo , estrelado por Kid Cudi e Aaron paul (astro da série Breaking Bad que vai começar na Record em Janeiro ) e que tem data prevista pra 2014 .

Nenhum comentário: