quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Post-Mortem - O macabro costume de tirar fotos de cadáveres .

Wazzup ! Você sabe aquelas fotos antigas em que o pessoal tá com cara de "acabou a bavaria premium " ?
Se não entendeu a referência , dê uma olhadinha .



Então . Acontece que entre o período do século XIX até até a década de 20 no século XX , era muito comum a pratica de tirar fotos dos entes queridos depois de perecidos . Mas não ache que isso era beneficio para muitos . Por ser uma arte muito díficl de se fazer o valor dela era um pouco alto , possibilitando apenas os burgueses a tirarem tais fotos . Dizem que a origem vêm da Inglaterra , pois a Rainha Victoria queria que tirassem uma foto de uma pessoa á qual ela era próxima depois de falecida , e aconteceu que a pratica acabou se espalhando pelo mundo inteiro. Na era Vitoriana o costume se espalhou pois a taxa de mortalidade infantil era muito alta , e então alguns casais só tinham aquele filho , então lhes ficava de alternativa o único meio de recordação de seus filhos , que seria em fotos .  Em alguns lugares ainda se pratica esse tipo foto . Em alguns casos onde o cadáver se encontrava fresco era bem mais tranquilo de tirar , pois se montava um cenário , e dependendo da morte , as poses saiam em um tom bem mais natural . Há outros casos em que ocorria a "rigor mortis "( o rigor mortis , é o endurecimento dos músculo , dificultando ainda mais o movimento para tirar as fotos  , por isso a preferência em tirar fotos com cadáveres frescos ) , era necessário elaborar algo bem mais complexo para o cadáver , pois a situação de seu corpo já não se encontrava de maneira adequada para uma foto . Nesses casos a camera tinha que ficar em um certo angulo onde a foto transparecesse um ar natural , ou ajeitar o cadáver em cabos , pedaços de pau para ficar em pé ,resultando numa facilidade de fazer parecer natural incluindo os familiares nessas fotos para dar um certo apoio ao cadáver e um migué para não mostrar o suporte que era fornecido ao cadáver . Grande parte das fotos eram coloridas de maneira artificial no caso de crianças para não passar um tom menos mórbido na foto . Obviamente as fotos eram tiradas no intuito de recordar seus entes queridos ,e não de uma forma exibicionista . Mas eu não entendo como chegaram a praticar essa arte . Eu acho isso simplesmente mais triste ainda . Se já é dificil recordar de alguem vendo suas fotos em vida , imagina mortos ? Claro . Os tempos são outros , mas o que será que aquilo fazia no coração das pessoas ? Acalmava ? Eu não sei . É tudo muito confuso . Pra mim a perpetuação da morte não funciona , e nem deveria ser praticada , como hoje em dia ainda se é feito esse tipo de coisa . Como dizem ; A Morte é pra poucos . Dê cabo de aceita-la , se não ela vai te consumir em vida . E nada pior do a morte consumindo a vida . Aqui vai algumas fotos desse processo macabro praticado antigamente .

É esse tipo de foto que me deixa triste ,e me faz desaprovar esse tipo de coisas 


Estimulando os músculos via choque . 




[2250913843_97d563ca79[7].jpg]
Jesuis !  Uma provável "rigor mortis "

Nesta foto está um pouco explícita de quem está vivo .  Se você for um ninja , conseguirá enxergar os pulsos da mulher e perceberá que é uma corda segurando o ramalhete , ou simplesmente estabelecendo um equilíbrio . 

Essa não é muito díficil , pois percebe-se alguns fios em seus braços a segurando . 



Hoje em dia , nessa onda de Facebook , será que a moda iria pegar ?

Nenhum comentário: