sábado, 15 de março de 2014

Need For Speed : O Filme - Feito de jogador para jogador





Você se lembra do Need for Speed : The Run , o game injustiçado ?
Pois então . Ontem (14) Estreou o novo filme da franquia de jogos mais famosa do mundo .
Uma sinopsezinha bem rapida pra não perder o costume :
Tobey Marshall administra a oficina de seu falecido pai , que está indo muito mal das pernas , até que Dino Brewster oferece uma ajuda que pode salvar sua oficina . Nisso dai , Dino pede para Marshall e sua equipe montar um dos últimos modelos de um Mustangão que vale horrores de dinheiro . Tendo Sucesso em sua empreitada , Tobey e Pete (Irmão de criação de Tobey) são convidados para uma corrida por Dino que é um antigo rival de Tobey , que se Tobey obter a vitória faturará muito dinheiro pela venda do Mustangão .
Nessa corrida Dino acaba por matar Pete , e Tobey acaba sendo acusado injustiçadamente , pois Dino fugiu da cena do crime . Então Tobey vai para a prisão onde por lá fica por dois anos , com uma sede de vingança por Dino , e o único jeito de encontrar ele , é na corrida mais disputada do país , a De Leon

Ok ! Feita a sinopse , venho agora com a crítica .
Eu entrei no cinema com uma empolgação muito mais pelo Aaron Paul , ex astro de Breaking Bad  do que qualquer coisa . Subestimei o filme totalmente . Mas acabei me quebrando porque é um baita filme . Obviamente não é um filme pra ganhar oscar's . E sim um filme com a finalidade de entreter , nada mais que isso . O filme começa meio lento , pra te deixar á par da situação atual de Tobey , mas depois que a correria começa , não para mais . Sério mesmo ! As cenas de corrida são bem longas e divertidas , pois não fogem muito do natural se comparado á Velozes e Furiosos , mas não posso comparar os dois , já que ultimamente nem se encaixam mais no mesmo gênero de filme . Need For Speed é um prato cheio pra quem conhece os últimos jogos da série , e até que faz muito sentido a falta de um tunning agressivo , que nem os primeiros filmes de Velozes e Furiosos ou até mesmo os primeiros jogos do PS2 da Saga Need For Speed . Um dos principais elementos que deram certo no filme obviamente foram os atores , já que muitos pensaram que seriam apenas um pretexto para mostrar os carrões que a saga abrange .  São todos bem convincentes , e claro , Kid Cudi que interpreta Maverick , que é o guia aéreo de Tobey , roubou a cena . Aaron Paul sempre vai ter aquele ar de Jesse , mas nesse filme não se sente nem um pouco de Breaking Bad nele . É um projeto diferente , é uma atuação diferente . Quem disser que ele ficou igual á série , não sabe o que está falando . O filme é bem dosado entre comédia e ação , não puxando muito para nenhum dos lados , deixando a dosagem de forma certa no desenrolar da trama . As cameras tambem dão um diferencial tremendo durante a correria , pois não é aquela coisa tremida e sim um ampliamento da zona da imagem , te mostrando de forma quase completa a corrida , como se fosse o video game mesmo . Há cenas que são filmadas no cockpit , que deixam a tensão da coisa muito maior , e claro , a polícia . Que nem o jogo , a polícia é frequente na trama . Pra quem achou que seria um filme em algum circuito ,não é não . O bagulho é clandestino , ilegal e perigoso . O filme não tem uma duração absurda , e sim perfeita pra esse tipo de filme . Não muito curto , não muito longo . Acaba no momento certo . E Pode anotar . Haverá uma continuação , pois o filme não deu errado , e muito pelo contrário , superou expectativas . Como eu havia dito antes , não é um filme feito para ganhar oscar , com uma trama surpreendente , e sim um filme pra entreter , e consegue de maneira bem fácil , e simples, sem te fazer desistir de assistir . A única coisa em que se sente falta no filme é as frase de Jesse Pinkman : YEAH BITCH! SPEED !!


Nenhum comentário: