quinta-feira, 15 de maio de 2014

Godzilla (2014) - #ogiganteretornou

Talvez tenha algum spoilerzinho de leve

Depois de 15 anos longe das telas , um dos defensores mais conhecidos da terra retorna , mas será que seu retorno foi melhor aceito do que o filme de 1998 ? 
Ok , o filme do Godzilla , com certeza foi bem melhor do que o odiado filme que passou diversas vezes na sessão da tarde antigamente . E ah! Lembrando que há algum tempo atrás , eu imaginei esse filme como uma possível prequela de Circulo de Fogo que cito ali . Godzilla está bem melhor , mas bem melhor mesmo . Com uma premissa muito , mas muito militar a história gira em torno de Ford ( Kick-Ass) , filho de um engenheiro brilhante , Joe  , que muito antes de todos tinha descoberto que havia algo estranho em solo japonês , até que isso acaba matando sua esposa , que era uma escavadora . 15 Anos depois , a area em que sua esposa morreu e arredores foi fechada em quarentena , pois acreditavam que aquilo tudo tinha se tratado de vazamento nuclear . Ok , ok , não vou spoilar tanto a premissa do filme . Joe ( Bryan Cranston) sempre será o inesquecível Heiseinberg , e neste filme nao foi diferente . Sua atuação , que nao é muito das longas já define totalmente o tom de seriedade do filme , não deixando espacinho nenhum pra comédiazinha ou piadinhas . O filme é tensão do começo ao fim , com um desenvolvimento um pouco lento , o filme é muito bom em seus efeitos . Devido ao seu lento desenvolvimento o filme prepara terreno para batalha final , deixando o telespectador ali , vidradinho pra nao perder nenhum detalhe de sua ultima luta . Como é bem óbvio de se imaginar pelos trailers , o inimigo não é Godzilla , e sim dois Kaijus que tem uma espécie de pulso eletromagnético que desliga tudo aos seus redores , e pra piorar , um tem asas , deixando as coisas beeeem mais complicadas para o defensor da terra . Contudo , é um filme que poderia ter sido mais direto e objetivo . O arco de Ford , é que ele teve que viajar ao Japão para buscar seu pai preso , Joe . E devido á uma série de acontecimentos , se vê forçado á voltar para casa com sua família . Entretanto , ele não consegue chegar de jeito nenhum á São Francisco , que é onde reside . Chega a ser engraçado até . Lembrando bastante aqueles filmes de peregrinação , que se vai pedindo carona até onde Judas perdeu as botas . Mas isso não estraga o filme de jeito nenhum . Ford é do esquadrão anti-bombas , e se convoca algumas vezes durante o filme para ajudar a parar as ameaças . Como eu disse antes , o único male do filme é seu desenvolvimento lento , e pra quem tem dificuldade em ver filmes assim , muito conversado , é um prato cheio para dormir , não que seja ruim , mas é que é Godzilla . Entretanto a Batalha final é bem massa , que encheria os olhos de uma criança até um adulto de emoção , pois os efeitos , são sensacionais . É definitivamente um reboot total do filme de 1998 . Ignorando tudo que fizeram com aquele , e claro , uma grande homenagem aos criadores do Godzilla . O final do filme é uma coisa á discutir . Leva-se em conta muito da bilheteria , pois o final ao mesmo tempo se compromete e não se compromete á fazer uma continuação . Mas se fizessem uma junção com Circulo de Fogo , com certeza iria ser um dos filmes mais pica da galaxia do mundo . Concluindo , o filme é bom ,e não tem o que melhorar mesmo . A única coisa que o prejudica é sua falta de objetividade em alguns momentos , mas nada de grave que o faça desistir de ver .

Nenhum comentário: